Etiquetas

, ,

Encontrei o vídeo seguinte no blogue do Matias Alves, que tinha acedido a ele através da Isabel Campeão.

É um filme imprescindível para uma compreensão mais correcta da globalização do “capitalismo de desastre” que, nas palavras de Naomi Klein, segue a “Doutrina do Choque” para aplicar as medidas da “escola de Chicago” defendidas por Milton Freedman e que são tributárias do pensamento económico de Friedrich Hayek.

Trata-se de um filme longo (cerca de 80 minutos), mas de visionamento obrigatório.

Sobre o conceito de “Doutrina do Choque“, aos 67′ do filme,  Naomi Klein explica-nos que se trata do saque (roubo) sistemático dos bens públicos na sequência de um desastre (guerra ou catástrofe natural), quando a população está demasiado focada na emergência e nas suas preocupações diárias, para conseguir proteger os seus interesses.

A coincidência desta definição com o estado de torpor e anomia a que nos conduzem doses maciças de desinformação, sobre a crise da dívida portuguesa e a falta de dinheiro nos cofres do Estado, esclarece a dificuldade que os portugueses têm de se opor ao esbulho dos seus salários e do que ainda resta de propriedade pública. É esta terapia de choque que nos impõem, para que melhor aceitemos a privatização da escola pública, dos sistema nacional de saúde, da distribuição de bens essenciais como a água e o que mais se verá.

Anúncios