Etiquetas

Cresce de importância a Marcha Nacional pela Educação

A queda do governo e o chumbo da ADD são apenas uma gota de água no oceano de questões e problemas com que se debatem os professores e todos os que defendem a Escola Pública de Qualidade para Todos.

A vitória que constituiu a revogação do DR da avaliação foi extremamente importante porque, em primeiro lugar, permite devolver paz e tranquilidade ao corpo docente em todas as escolas e, em segundo lugar, demonstra que tanto a Luta como a Resistência valem a pena. Mas continuam de pé todas as outras medidas de ataque à Escola Pública, como se constata ao verificar que o grande problema da Educação tem a ver com o corte de 803 milhões no seu orçamento.

É por isso que já saiu o despacho sobre a organização do ano lectivo, que retira dezenas de horas de crédito a cada escola, dificultando as sua organização e reflectindo-se em menos horários e professores necessários; ou que o processo de criação de mega-agrupamentos ainda não foi abandonado, uma vez que se prevê que no próximo ano lectivo funcionem menos 170 agrupamentos do que neste ano.

Por estes motivos, mas também porque só com uma educação de qualidade o país pode mudar, os professores vão estar ao lado de psicólogos, inspectores de educação e ensino, pessoal não docente, estudantes, pais e encarregados de educação na Marcha de dia 2 de Abril, entre o Marquês de Pombal e a Assembleia da República.

Anúncios