Etiquetas

, , ,

Felizmente foi possível concretizar-se o que o deputado Miguel Tiago me tinha dito ontem, na sessão pública sobre os mega-agrupamentos na Amadora. O PCP utilizou todos os procedimentos regimentais ao seu alcance e, desta vez, teve a concordância da bancada do PSD, que assim deu cumprimento à promessa feita por PPC num jantar, há uns dias atrás.

«Depois da primeira votação dos projectos de lei do PCP e PSD, os dois partidos elaboraram uma proposta conjunta, que foi também subscrita pelo BE e pelo PEV na votação desta sexta-feira.»

Agora já só falta o Presidente da República promulgar o texto que será enviado para Belém. Apesar de ter sido um indefectível apoiante das políticas educativas de Sócrates e Maria de Lurdes Rodrigues, não creio que Cavaco Silva resolva pregar-nos uma partida, pelo que nos próximos dias poderemos fazer o funeral desta “espécie de avaliação de professores”.

Anúncios