Graças ao Renato Teixeira, do 5 Dias, cheguei a este vídeo que, tendo já três anos, continua cada vez mais actual.

Advertisements