Etiquetas

, ,

O esforço, realizado pela comunicação social, de não inscrição do discurso de Francisco Lopes na campanha para a eleição presidencial tem atingido níveis verdadeiramente inaceitáveis.

Apesar de tudo a necessidade de dar uma máscara de respeitabilidade e equidade à função vai permitindo que o único candidato que é alternativa aos desígnios do centrão político possa dirigir-se aos portugueses, através da comunicação social que o silencia.

A ver, por quem acha que não usa palas nem antolhos, a entrevista do candidato da ruptura e mudança na RTP1

Anúncios