Etiquetas

, ,

Algumas gotas de uma chuva não prevista pelo IM,IP não retiraram o entusiasmo e a determinação dos cerca de 30.000 manifestantes anti-Nato, que desceram a Avenida da Liberdade de forma ordeira e dando uma lição de civismo aos algozes reunidos na parte oriental da cidade.

Ao contrário do alarmismo incendiário das notícias, os manifestantes souberam comportar-se de forma alegre, mas determinada na defesa da Paz e contra os senhores da Guerra reunidos sob a sigla da Nato.

Nem mesmo a forma ostensivamente provocatória como a polícia se mostrou na Avenida da Liberdade, ou a forma caricata como aparentemente defendia algumas instalações comerciais, fez com que houvesse da parte dos manifestantes qualquer resposta , a não ser um ou outro sorriso trocista.

Até por isso é possível afirmar que a única violência a que se assistiu hoje, na Avenida da Liberdade, foi a do aparato policial e do exagero na forma como apareceram equipados de “shot-gun” e cartucheiras enroladas à “Rambo”

Anúncios