Etiquetas

,

 

Na sua crónica de hoje, no DN, Marcelino ensaia já a estratégia de sobrevivência para 2011 e anuncia peremptório:

Chegados a este ponto, é óbvio que vamos ter orçamento. É preciso um orçamento! O PSD vai ter de se abster e de disfarçar com uma declaração qualquer a viabilização de um documento tornado essencial pelo desespero das contas públicas. Mas este é o orçamento do Governo de José Sócrates, minoritário por convicção, e assim deve ser visto e avaliado no futuro.


Anúncios