Etiquetas

Enquanto alguns idiotas úteis para a direita se entretêm a atirar calhaus contra as organizações de classe dos professores, e com isso ganham acesso privilegiado ao “universo Balsemão”, há quem já não precise de esconder o jogo e diga claramente o que quer ver mudado na constituição.

É preciso dizer, de uma vez por todas e sem receios e recuos, o que o PSD quer mesmo escrito na Constituição em relação à liberalização dos despedimentos e aos sistemas, agora tendencialmente gratuitos, da saúde e da educação. Essas, sim, são mudanças estruturais.

Há narcisismos que acabam por se pagar caro, porque sendo alienantes abrem caminhos que depois dificilmente terão retorno.