Etiquetas

“Foi o vosso ministro quem pediu o encontro. Aliás, nem faria muito sentido eu pedir um encontro e o primeiro-ministro vir ter à minha casa”, disse o músico e escritor brasileiro ao PÚBLICO, através de correio electrónico. Chico Buarque ficou indignado ao saber que a imprensa nacional estava a contar uma versão bastante diferente.

Chegados aqui, com um governante cuja credibilidade se arrasta pela lama, tanto em Portugal como no estrangeiro, o que espera o senhor presidente da república para remover a mentira de cargo de tão elevada responsabilidade?

Advertisements