Não sou espectador habitual de televisão, sobretudo de programas de entretenimento.

Não sou apreciador do modelo de televisão que é praticado por Júlia Pinheiro, nem gosto particularmente do seu estilo, mas esse é um problema que só a mim diz respeito.

Tenho sérias dúvidas de que um programa com este formato, e com a presença de tais convidados, seja de grande utilidade para o debate sobre os temas propostos.

Ainda assim, porque acredito que há muita gente que pensa de forma diferente e, uma vez que me foi feito o pedido, aqui fica a divulgação:

Muito boa-tarde,
O meu nome é Liliana Pacheco e sou jornalista do programa ‘As Tardes da Júlia’, apresentado diariamente por Júlia Pinheiro, na TVI. No próximo dia 7 de Abril, período de férias escolares da Páscoa, vamos ter no programa o Coordenador da Comissão de Educação do PS, o deputado Bravo Nico. Primeiramente, o convite foi dirigido à Sra. Ministra da Educação, Profª Isabel Alçada, mas, perante a recusa da mesma, contactámos o grupo parlamentar do PS que sugeriu a presença do deputado Bravo Nico.
Nesta mesma emissão, vamos ter em estúdio uma mãe, com filhos em idade escolar e um jovem de 23 anos, que está a terminar um curso técnico profissional e que pretende ingressar no ensino superior. Para que este leque de convidados fique completo, gostaríamos de poder contar com a presença de um professor no activo que, para além de todas as questões relacionadas com o Estatuto da Carreira Docente, pudesse também falar, na primeira pessoa, da questão da violência escolar; ou seja, um/a professor/a que já tivesse sido alvo de agressão (física, psicológica, ou ambas) por parte de alunos. A ideia consiste em promovermos uma espécie de debate entre o Coordenador da Comissão de Educação do PS, o deputado Bravo Nico, e uma mãe, aluno e professor, em torno de questões pertinentes, relacionadas com as várias áreas da educação: segurança, violência escolar, carga horária, acção social, qualidade do ensino, educação especial, entre outras.
Depois de fazer uma pesquisa na internet, deparei-me com vários blogues de professores e é através destes que venho pedir ajuda, no sentido de conseguir a presença de um professor que possa aceitar o nosso convite e estar presente no referido programa.

Anúncios