Etiquetas

, ,

Quem navega pela rede sabe que o que mais se publica é lixo. Sobretudo a coberto do anonimato.

Os anónimos da Internet são uma praga, uma vez que se acham impunes para escrever a maior das porcarias que lhes vai pela cabeça.

Nos blogues e nas respectivas caixas de comentários passa-se exactamente o mesmo que no resto da rede. O ataque  anónimo de indivíduos de baixo carácter é algo com que temos que nos habituar a conviver. Felizmente há algumas ferramentas à disposição dos editores de blogues, que permitem moderar o disparate.

Tenho na minha caixa de comentários 12 registos pendentes, porque em relação aos seus autores activei o serviço de moderação.

5 são de um tal “spartakus”, todos de Dezembro de 2008. Os outros 7 são de um mesmo indivíduo que se apresentava como “mario jose”, “mj”, “jójo” e “jorge correia”.

Ficaram todos bloqueados e a aguardar a minha autorização de publicação, porque o WordPress tem uma funcionalidade que permite bloquear comentários através de vários processos identificativos, entre os quais o IP.

Internet Protocol Address:

This number is an exclusive number all information technology devices (printers, routers, modems, et al) use which identifies and allows them the ability to communicate with each other on a computer network. There is a standard of communication which is called an Internet Protocol standard (IP). In laymans terms it is the same as your home address. In order for you to receive snail mail at home the sending party must have your correct mailing address (IP address) in your town (network) or you do not receive bills, pizza coupons or your tax refund. The same is true for all equipment on the internet. Without this specific address, information cannot be received. IP addresses may either be assigned permanently for an Email server/Business server or a permanent home resident or temporarily, from a pool of available addresses (first come first serve) from your Internet Service Provider. A permanent number may not be available in all areas and may cost extra so be sure to ask your ISP.

Nos dois últimos post que publiquei apareceu na caixa de comentários um outro “anónimo”, que se identifica como “che”. Acontece que já por cá ando há tempo suficiente para me ter parecido que conhecia a verborreia e o estilo. Vai daí, resolvi recorrer à tal ferramenta do wordpress e o que é que descobri? Que o tal “che” não passa de um heterónimo de alguém bem conhecido na praça.

É que este heterónimo usou, em dias consecutivos, dois IP’s diferentes, que são os mesmos de uma personagem de relevo na temática que eu abordei nos tais posts. Um dos IP’s pertence a um ISP localizado em Albarraque e o outro a um ISP localizado na Mouraria. Este último é um VPN, (virtual protocol network) pertencente à FCT, que permite aceder às bases de dados universitárias a partir de computadores remotos localizados fora dos campus e é geralmente utilizado por estudantes e investigadores universitários.

Os registos são os que se seguem, com os links para os respectivos comentários (substituí os últimos dígitos por *, por não estar seguro da legalidade da sua divulgação pública; no entanto tenho os respectivos registos e posso demonstrar o que fica escrito):

Os primeiros seis comentários são do ISP de Albarraque

Ricardo Silva prof.ricardosilva@gmail.com 89.152.***.***     2010/02/05 at 19:47

Che che@gmail.com 89.152.***.***     2010/02/04 at 4:00

Neste comentário, p.ex., o heterónimo solta a seguinte pérola: «Mas que interessa isso ao camarada Nojeira?»

Che che@gmail.com 89.152.***.***     2010/02/04 at 2:52

Che che@gmail.com 89.152.***.***    2010/02/04 at 2:48

Che che@gmail.com 89.152.***.***     2010/02/04 at 2:21

Che che@gmail.com 89.152.***.***     2010/02/04 at 2:13

Os seis que se seguem são da VPN da FCT

Che che@gmail.com 194.210.**.**     2010/02/04 at 16:10

Che che@gmail.com 194.210.**.**   2010/02/04 at 12:03

Che che@gmail.com 194.210.**.**     2010/02/04 at 11:52

Ricardo Silva profricardo@netcabo.pt 194.210.**.**     2008/10/17 at 13:09

Ricardo Silva profricardo@netcabo.pt 194.210.**.**     2008/10/17 at 11:42

Ricardo Silva profricardo@netcabo.pt 194.210.**.**     2008/10/17 at 11:27

Che, meu caro Ricardo… não havia necessidade.

Bem sei que te achas o Jorge Coelho da Apede e estás sempre a repetir que quem se mete com o teu movimento leva. O problema é que a cólera e a vaidade por vezes deitam tudo a perder.

Num dos comentários que aí está linkado, em que assinas com o teu nome e não te esconde no anonimato (agora desfeito) pedes-me para não ser paternalista contigo. Longe de mim tal ideia. Se achas o meu tom demasiado paternalista, desculpa. É apenas defeito profissional – é que sou professor (sempre na escola e a dar aulas) há 32 anos e uns pós.