Etiquetas

Alertado pelo Ramiro Marques, fui ler o que António Barreto escreveu hoje no blogue Jacarandá.

A prosa é longa e reflectida. Aborda um conjunto de questões que merecem a  nossa atenção, mas a dada altura AB faz uma afirmação que me deixa de pé atrás quanto aos fundamentos da sua inquietação relativa ao papel da escola pública, numa sociedade democrática.

O parágrafo a que me refiro reza assim: «É verdade que se discute quase tudo. […] Os métodos de ensino, mais democráticos uns, mais disciplinados outros, servem de assunto de doutoramentos e de programas de televisão […]»

Lendo isto, só me resta dizer ao ilustre sociólogo:  importa-se de repetir? Será que o senhor professor doutor associa democracia a indisciplina? Ou são saudades de um tempo que terminou, vai para quatro décadas?

Anúncios