Etiquetas

,

Neste domingo vou votar para que no parlamento europeu haja deputados que façam ouvir a voz de quem defende uma europa social e defenda políticas públicas de educação, saúde e segurança social mais amigas do cidadão.

Eu, cidadão europeu, estou farto de que sejam organizações “discretas” como a ERT a ditar as políticas europeias e as decisões de cada governo nacional.

O senhor Belmiro e o senhor Amorim, com todo o respeito que possam merecer pelo facto de terem criado enormes organizações empresarias (que lhes dão fortunas colossais, apesar de empregarem milhares de trabalhadores), não têm legitimidade democrática para definirem as políticas públicas, que o governo português deve realizar de acordo com o mandato popular. Mas na prática usam o seu poderio económico para condicionar as decisões dos governantes que nós elegemos. Tal como os restantes membros da ERT fazem em relação a cada um dos outros 26 Estados da UE e em relação às decisões da Comissão Europeia.

É por isso que o Parlamento Europeu tem que ter deputados que se oponham a este controlo do capital sobre a política.

A única forma de contrariar as políticas que prejudicam os cidadãos é expressarmos o nosso protesto contra quem governa contra nós há décadas. E protestar é ir votar, porque quem está contra Sócrates e se abstém, na prática não penaliza os erros e malfeitorias que ele tem cometido.

Por isso deixo aqui o meu apelo – DOMINGO VAMOS TODOS VOTAR.

Anúncios