Etiquetas

,

O BEIJO DE JUDAS

 

beijo-de-judas1

 

«A Pró-Ordem e o beijo de Judas

Muitos colegas se escandalizaram justamente com a cambalhota do presidente da Pró-Ordem, (e também militante do PS) Filipe do Paulo, operada de um dia para o outro, antes da Greve do Dia 3 de Dezembro. Devo dizer que a mim o que me espantou foi que só uma organização integrante da multicolorida e intermitente Plataforma o tivesse feito.

Com a experiência profissional e sindical docente de quem já há “muitas luas” assistiu a outras traições semelhantes e ainda mais graves (1989 e 2001, por ex.) , por parte daqueles que deveriam ter a missão de bem nos representar, ajuntarei mais duas reflexões sobre o acontecido:

a proximidade ideológica de determinados dirigentes com o Poder político e/ou a sobreposição das conveniências partidárias  ao interesse comum são um factor que objectivamente propicia/potencia a traição.

a falta ou insuficiente vigilância e pressão das bases (associados) sobre os órgãos dirigentes, é a cereja sobre o bolo que, por fim, lhes permite ceder à “tentação” e lhes liberta as mãos (e a boca) para o “beijo de Judas”.

No caso em apreço, a Pró-Ordem, apesar de ter sido anunciada há vários anos com grande pompa mediática, não tem crescido significativamente em associados, cujo número continua a ser irrisório quando comparado com qualquer dos sindicatos da FENPROF, da FNE ou da FNEI. Por isso até teria sido relativamente fácil aos seus sócios, por via da ameaça permanente da desfiliação terem antecipado e impedido esta traição. Agora é tarde demais e só a eles próprios podem agradecer o que se passou.

E, já agora, manifestarem o seu desagrado para os seguintes endereços:

Associação Sindical dos Professores Pró – Ordem – Lisboa

R. Prof. Vieira Almeida 7 – 4 – N Lisboa, LISBOA, LISBOA 1600-664 

Tel: 217524380       

fax: 217524380               

Associação Sindical dos Professores Pró – Ordem – Porto

R. Visconde Setúbal 68, 1º – F Porto, PORTO, PORTO 4200-497 

Tel: 225024106               

Página web – não disponível ou em actualização 

E-mail – Não disponível ou em actualização 


Para terminar uma última questão: é para isto que os colegas, confusos e descrentes, recorrentemente clamam pela “milagrosa” Ordem dos Professores como panaceia para todos os males da Classe? 

Paulo Ambrósio»