Etiquetas

Há uns dias atrás socorri-me da fábula da rã que queria ser vaca (ou boi, tanto faz), para caracterizar a pseudo-discussão sobre a representatividade de sindicatos e movimentos de professores.

Hoje, tendo constatado que algumas das pessoas que a 7 de Março de 2008 tinham grandes dúvidas sobre a participação na manifestação que levou 100 mil ao Terreiro do Paço se preparam para voltar a cavalgar o descontentamento dos professores, venho deixar um apelo:

Espero que o desejo de protagonismo de gente pouco qualificada para dirigir a luta, não inviabilize um movimento de protesto que leve ao derrube de políticas erradas e gravosas para todos os portugueses. Isso seria um desastre irreparável para os professores e para a Escola Pública, e os nossos dirigentes sindicais devem ter a capacidade de não se deixarem condicionar por dois ou três cavalheiros que têm da escola pública uma imagem que se confunde com o liceu napoleónico.