Etiquetas

Porque, como ontem se afirmou no comício festa da esquerda: «O neo-liberalismo é uma escolha ideológica ditada pelo FMI e pela UE» é fundamental afastar do governo quem se assume como mandatário dessas instâncias supranacionais.

Por isso temos que continuar a dizer bem alto a quem não quer ouvir que: «A pobreza não é uma fatalidade nem é culpa dos pobres», e isso faz-se impedindo novas maiorias do PS, do PSD ou dos dois coligados!