Etiquetas

, ,

Como é visível pelo que escrevo, discordo profundamente do governo de Sócrates e em particular das políticas públicas de educação que são protagonizadas pela ministra Maria de Lurdes Rodrigues e pelos seus secretários de Estado.

No entanto tenho que conceder a estes governantes  dois créditos por boas acções:

  • À ministra e  aos secretários de Estado o crédito por terem conseguido mobilizar e unir todos os professores contra as políticas que têm vindo a protagonizar;
  • Ao primeiro ministro Sócrates a brilhante ideia de permitir que milhares de professores pudessem estabelecer contacto entre si, de uma forma rápida e expedita, através da Internet. Sem a distribuição de computadores portáteis e Internet (de banda quase larga) a preços acessíveis aos seus rendimentos, não teria sido possível estabelecer esta rede imensa que nos uniu.

A estes governantes, pela sua acção eficaz em prol da unidade dos profissionais da educação, aqui deixo o meu BEM HAJA!